________________________________


Comecei a escrever no momento em que percebi que só pensar não mais me satisfazia.

Precisava transbordar todo aquele pensamento que só ao meu universo de idéias pertencia.

Hoje, escrevo por pura necessidade, por irresistível vício e por agradável teimosia.




Claudia Pinelli Rêgo Fernandes ®



sábado, janeiro 26, 2008

R u POP?



O conceito de "pop" chegou ao limite da variação nos dias atuais. Tudo pode ser pop dependendo da conveniência.

O pop, durante um tempo, era tudo considerado popular e que recebia admiração significativa de uma parcela grande da população. Havia, claro, o fator econômico, isto é, quem vendia mais cd, quem tinha mais audiência, seria portanto mais pop.

Hoje, o conceito está meio confuso.

Depois de Andy Warhol e de sua arte, o termo pop sofreu uma enorme transformação. Hoje é pop tudo que faz parte da vida das pessoas de forma simbólica e sistemática. Daí, uma pintura iconográfica de Andy, um cd de pagode ou uma sinfonia de Mozart podem ser chamadas de pop numa boa.

Afinal, trazendo esse questionamento para nós, eu pergunto:

Você se considera uma pessoa pop?



Bjo.


Claudia Fernandes




Visite também:


Prosaicos Poemas

Um comentário:

ideiasdespedacadas disse...

Claudia,
se for uma ocorrência momentânea, posso me considerar em alguns momentos.
Mas geralmente não me acho não.

bjs
;-)

Related Posts with Thumbnails

Minha família

My kind of Spirit...


You are the elusive Night Spirit.
Your season is Winter, when the stars are bright and frost crystallizes the fallen leaves.
You are introspective, deep-thinking, and mysterious.
Everyone is intrigued and a little intimidated by you because you have an aura of otherworldliness.
You work in extremes, sometime happy, other times sad, but always creative and philosophical.
You are more concerned with the unseen, mystical, and metaphysical than the real world.
Night Spirits have a tendency to get lost in themselves and must be careful not to forget reality, but their imagination is limitless.