________________________________


Comecei a escrever no momento em que percebi que só pensar não mais me satisfazia.

Precisava transbordar todo aquele pensamento que só ao meu universo de idéias pertencia.

Hoje, escrevo por pura necessidade, por irresistível vício e por agradável teimosia.




Claudia Pinelli Rêgo Fernandes ®



segunda-feira, novembro 03, 2014

É Brasil!




Não adianta esses pobres de espírito, cheios de ódio e preconceito no coração (além de interesses dos mais diversos e escusos) incentivarem o separatismo, a divisão do país, o "nós e eles"!

E não venha com essa de que o PT começou com esse absurdo!

Desde criança, ouço gaúchos puristas querendo se separar do resto do Brasil e paulistas (só os estúpidos, claro) chamando todo tipo de erro ou bobagem de "baianada". Sempre ouvi esses mesmos paulistas chamarem nordestino de burro e ...mal informado.

Definitivamente, essa babaquice de "melhores e piores, pobre e rico" não é recente. Ainda bem que só os idiotas acreditam e se deixam seduzir por esse lixo.

Mas não adianta! O brasileiro é um só! E é um povo amável, apesar dessa convivência nefasta com os maus.


Viva o Brasil!

domingo, novembro 02, 2014

Lixo!

Se discutir com pessoas que votaram no Aécio pelos motivos mais equivocados possíveis como: ele vai tirar o PT do poder, o PSDB vai acabar com a corrupção, ele é honesto, ele fez um ótimo governo em Minas, ele é super família etc. já é complicado. Imagine discutir com o lixo do ser humano que depositou nesse candidato todas as suas fichas.

Evangélicos fundamentalistas, machistas, homofóbicos, elitistas, manipuladores, deformados pela mídia, tudo de pior no ser humano, juntos,... revoltados porque perderam uma eleição democrática berrando nas ruas pedindo por intervenção militar.

O ódio e o preconceito dessas pessoas foram nutridos durante anos.

Mas até agora, elas ainda tinham um certo pudor de se expressar, de colocar para fora aqueles demônios do retrocesso, escondidos nos recônditos mais obscuros de suas almas.

Agora, elas acharam diabos mais fortes que afirmam para elas:

"Podem gritar, podem colocar para fora todo seu ódio por tudo e por todos, estou aqui para lhes representar..."
Daí, a bomba explodiu nas nossas caras!


Claudia Fernandes.

Um pedido!




Se você, por ignorância ou por estupidez mesmo, é a favor da intervenção militar, por gentileza, me delete da sua lista de amigos, pois não tenho o menor interesse de mantê-lo por perto.


Grata.

Claudia Fernandes.

quinta-feira, outubro 30, 2014

15 anos!




15 anos é para poucos.

Que venham outros 15!

Sempre com muito amor e cumplicidade...

\0/


Claudia Fernandes.

quarta-feira, outubro 29, 2014

Psiu!




É, pelo andar da carruagem do ultra-conservadorismo, ódio, preconceito e alienação generalizada, a saída é o silêncio.

Estou me trabalhando arduamente nesse sentido, apesar da minha essência inquieta e questionadora dificultar muito esse processo.


Mas hei de conseguir!

Um recado para os "enlutados":




Fique de luto por você! Não pelo Brasil!

Afinal de contas, se ainda não percebeu, mais da metade dos brasileiros, neste exato momento, está em festa e não legitima esse luto!

Portanto pare com essa bobagem.

Você não representa o Brasil.


Um abraço cordial.



Claudia Fernandes.

terça-feira, outubro 28, 2014

Luto?



Ficar triste e decepcionado por não ter ganho é inteiramente compreensível. Eu também teria ficado.

E como!

Mas ficar de "luto" apenas porque seu candidato não ganhou as eleições?

Sério?

Então, por gentileza, retire esse seu "luto" do meu caminho que eu quero passar com minha alegria!


Ahô!

domingo, outubro 26, 2014

Viva!




Milla felizona com a vitória de Dilma!

"Acostumem-se com o nosso sorriso!"


Bjo,



Claudia Fernandes.

sábado, outubro 25, 2014

Se Minas disse não...



Eu vejo algumas pessoas, agora se posicionando pró-Aécio, que de desinformadas não têm nada.

Elas já entenderam tudo direitinho.

Sabem o que a mídia manipuladora faz com as pessoas que não rezam pela sua cartilha; conseguiram enxergar que o PSDB é o primeiro partido na lista de envolvidos em casos de corrupção e da Ficha Suja; que Minas disse "Não" a Aécio e ao PSDB em alto e bom som; que votar neste candidato com um currículo tão desabonador como deputado, senador e governador (e que apesar de ser o porta-voz da meritocracia, já ocupou alguns empregos por indicação) é um retrocesso imenso. E já não tem mais como negar os fatos.

Elas sabem disso.

O único problema agora é o orgulho. O velho "não vou dar o braço a torcer. Vou até o fim."

Uma pena.

Uma mudança de opinião digna, honrosa e fundamentada é sempre muito mais respeitável do que o erro baseado no orgulho.



Claudia Fernandes.

sexta-feira, outubro 24, 2014

Coerência para quê?

Vejo gente, que foi a favor da invasão do Instituto Royal (eu fui também), que achou lindo pessoas gritando "VTNC" para uma presidente num estádio da Copa (achei vergonhoso) e que achava super legítimas as quebras de bancos pelos black blocs (sempre fui contra), indignada com a sujeira que os protestantes contra a criminosa Veja deixaram no chão em frente à Editora Abril.

Coerência para quê, não é?

Isso é um luxo para poucos.


Só observando...

A Veja das eleições 2014 e a da Copa no Brasil.





Semelhança: as duas são grandes mentiras e tentam enganar o leitor de forma criminosa e manipuladora!

Se você acreditou no terrorismo da copa e depois descobriu a farsa, não vai cair nessa de novo, não é?

E como disse Joseph Pulitzer:

"Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."


Você é bem mais inteligente que isso...

"Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."




"Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."


Joseph Pulitzer

quinta-feira, outubro 23, 2014

Eu...

 
 
 
Eu sou mulher, virginiana e sobretudo, muito difícil de ser convencida (quem é mais próximo a mim, sabe bem...)
Desde muito cedo, encontrei, na imensa curiosidade sobre tudo, a mola propulsora para a leitura, ferramenta que sempre me ajudou a ter um discernimento mais apurado e um posicionamento muito firme e pessoal a respeito do mundo.
Todo assunto pelo qual mantenho interesse, me leva a pesquisas incansáveis, inúmeros questionamentos e muita, muita informação, para que, e ...só depois de muita maturação e convencimento, de fato, venha a formar uma opinião.
Chegando a essa opinião, sempre defendo meus pontos de vista de forma apaixonada mesmo. Sou dessas. Não consigo ser blasé.
Política é um desses assuntos.
Quando comecei a trabalhar, aos 14 anos, e como os jornais que o meu pai lia não me bastavam, fiz minha primeira assinatura: A Folha de SP (seguida da finada revista Bizz, claro). Mas quem, aos 14 anos gastaria parte de seu salário com uma assinatura de um jornal? Euzinha.
Política sempre me interessou muito e leio tudo que posso para ter a noção mais exata possível do que, na realidade, acontece. Não essa realidade mascarada pela mídia e plantada, criminosamente, nas mentes das pessoas que parecem ter preguiça de ir além.
Se não gosta de política (de animais, de direitos humanos, fotografia, poesia, música, cinema e muitas outras coisas) e se não gosta de formas apaixonadas de posicionamento, só lamento, mas acho que não deveria me seguir.
 
 
Um beijo.
 
 
 
Claudia Fernandes.

quarta-feira, outubro 22, 2014

Hein??

Nunca apoiaria um candidato que é apoiado pela nata da reacionalidade brasileira, Silas Malafaia, Levy Fidélix, Bolsonaro, Feliciano, Pastor Everaldo, todos os sites que apóiam a intervenção militar, neonazistas, homofóbicos, racistas e toda escrotidão que o ser humano consegue ser.

Olha só um dos apoiadores do Aecio ai:

"Aécio Neves é a melhor opção para acabar com a insubmissão feminina no país, terminando com toda afronta aos homens brasileiros, reconduzindo as mulheres a ...sua condição servil, papel que lhes cabe por direito divino, recriando a harmonia na família brasileira, já tão ofendida pela existência de figuras como Dilma e Luciana Genro.

Assim sendo, mulher que não votar em Aécio estará pecando contra si e contra seu marido, pois claro está, ele é o candidato da decência e dos valores familiares, Dilma é a perdição, tal qual representou Eva no paraíso, agora ela quer que comemos a maçã envenenada pelo comunismo.

Ainda bem que com Aécio Neves temos os pastores Silas Malafaia e Marco Feliciano para nos defender do perigo satânico da insubmissão feminina.

Hosana!"



http://www.hariovaldo.com.br/…/aecio-neves-vai-acabar-com-…/

terça-feira, outubro 21, 2014

Mulheres...

 
 
 
 
 
 
Há, no mínimo, dois tipos de mulher.
Existe aquela mulher que pensa sempre com a cabeça de um homem.
Pode ser seu pai.
Pode ser seu marido.
Pode ser seu irmão.
Pode ser seu filho.
Pode ser seu pastor.
E existe um outro tipo: aquela Mulher que, contra todas as imposições machistas, pensa com sua própria cabeça.
Enquanto existir o primeiro tipo de mulher, sempre haverá uma possibilidade de opressão da mulher pelo homem.
Eu sou do segundo tipo, com muito orgulho!
Não se deixem oprimir, Mulheres!
 
 
 
Claudia Fernandes.

segunda-feira, outubro 20, 2014

Infância...




Eu e meu primeiro sobrinho, Jorginho Baraúna Rêgo (Zó), no dia do seu batizado.

Eu estava com 6 anos e já tinha uma carinha de garota séria, quietinha, né?


Claudia Fernandes.

domingo, outubro 19, 2014

Flores





Nada como flores para alegrar os olhos...


Ahô!


Claudia Fernandes.

sexta-feira, outubro 17, 2014

Oi?

Um amigo diz que não vota no PT porque é contra a corrupção.
Então, você mostra com dados que o PSDB é o partido mais corrupto do Brasil.
O sujeito diz que o PT não investe em educação.
Então, você cita o Prouni, as Cotas, o Pronatec, o Ciências sem Fronteiras, as 18 universidades federais e as mais de 200 escolas técnicas.
O sujeito diz que é contra o Bolsa Família, que tem que ensinar a pescar e não dar o peixe.
Então, você explica, com toda a paciência, o que é o Bolsa Família, que a criança tem que estar na escola, que ninguém vive com 77,00 por mês.
O sujeito diz que conhece uma amiga da amiga da empregada da vizinha que ganha quase um salário mínimo sem fazer nada.
Então, você explica que se essa mulher existe deve ser presa, porque está burlando o programa.
O sujeito diz que o PT quer transformar o Brasil em Cuba.
Então, você explica que vivemos em uma democracia plena, tanto que batem no PT diariamente nos jornais e nunca mandaram prender nenhum colunista da Veja.
O sujeito então diz que o PT quer calar a mídia.
Então, você mostra que quem manda recolher computadores na casa de jornalistas e tenta calar 66 blogueiros é o mocinho de Minas.
Aí o sujeito apela e diz que votaria até no Fidelix pra tirar o PT do seu projeto de poder.
Nessa hora, você engole pra não mandar ele tomar naquele lugar.
 
Acorda, BRASIL!

quinta-feira, outubro 16, 2014

Filme - The music never stopped

 
 
Um pai/mãe querer que seu filho curta a música que ele (pai/mãe) curte é imposição.
Amor de verdade é quando o pai/mãe, mesmo desprezando a música de que o filho gosta, aprende as letras, a melodia e encara até um show, só para estar ao lado do filho.
Para quem teve uma mãe como eu tive, que mesmo caretaça, fã de Dolores Duran, Dalva de Oliveira etc. brigava com quem fosse para que eu pudesse ouvir meu rock'n'roll alto, não consegue não se emocionar.
Para quem teve um pai que, mais careta ainda, mesmo detestando rock ou qualquer coisa considerada "barulho", por amar tanto meu marido, então namorado, fazia a chamadinha de Bruce Dickinson (aquela que ele faz nos shows com os braços de baixo para cima) só para agradá-lo, não consegue não se emocionar.
Isso é amor...
Filme simples, sem super produção nem pretensões, mas que me fez ir às lágrimas.
 
Recomendo.
 
 
 
Claudia Fernandes

quarta-feira, outubro 15, 2014

Viva o professor!



Apesar de já estar há alguns anos fora da sala de aula, sou, essencialmente, uma professora, e tenho muito orgulho disso.
Gostaria de agradecer a todas as felicitações que recebi pelo dia do Professor.
 
Um beijo a todos!
 
 
Claudia Fernandes.

segunda-feira, outubro 13, 2014

Nm tudo está perdido...

 
 
 
 
Confesso que, no início da corrida eleitoral, fiquei surpresa com o conservadorismo e alienação midiática de alguns amigos nas redes sociais.
Felizmente, tenho percebido que nem tudo está perdido.
Alguns destes, famintos por conhecer a verdade, me disseram que os posts (freneticamente publicados aqui por mim, assumo) mostrando, de forma clara e direta, as muitas mentiras da direita e da grande mídia serviram para acordá-los.
Como professora que sou, se minha mensagem chegou a alguns, já valeu muito a pena.
 
Ahô!

sábado, outubro 11, 2014

Ongamira

 
 
Hoje assisti a um documentário na TVE que foi um despertar e uma lição para mim.
"Ongamira."
As falas daquelas pessoas tão sábias estão eclodindo na minha mente até agora.
Uma das mais fortes foi a de um senhor bem velhinho que tinha sido secretário de Krishnamurti:
"O homem deveria falar menos e aprender a escutar. Escutar é uma arte. E só devemos falar quando a outra pessoa quiser ouvir."
Esta pérola acabou de virar uma das minhas metas de vida. Após a eleição, claro.
E Ongamira, certamente, um dos próximos lugares para conhecer.
 
Ahô!
 
 
 
Claudia Fernandes.

quinta-feira, outubro 09, 2014

Orgulho de ser nordestino!

 
 
 
Para ser bem sincera, esses ataques aos nordestinos não conseguem me afetar. Digo, pelo nível dos atacantes.
Penso que há neles um misto de ignorância, preconceito, burrice, falta de informação e uma pitada de inveja.
Esses defeitos não conseguem me enfurecer, apenas me fazem sentir uma pena...
Sempre tive dó de pessoas ignorantes, preconceituosas, burras mal informadas e invejosas. Até porque, com exceção da inveja, são defeitos facilmente corrigíveis com leitura, estudo, trabalho e determinação, e se elas preferem mantê-los, é porque são preguiçosas! (Ops... Preguiça é coisa de baiano, né?)
Ah! E espero... Com o tombo deles, eu confesso que me divirto. E muito. Porque ninguém é perfeito...
Sou dessas.
Agora, se você se sentir ofendido, exerça seu direito e faça uma denúncia nesse site do Ministério Público Federal:
 
 
 
 
 
Claudia Fernandes.

terça-feira, outubro 07, 2014

Esse FHC é um pândego...


 
 
 
FHC anda fumando muita maconha mesmo...
Esqueceu que Minas Gerais votou em peso na Dilma e os mineiros ainda escolheram um governador do PT!
Eles não são burros e desinformados também?

Não, claro, afinal Minas não é Nordeste, é Sudeste.
Aham...
 
 
 
Sem mais.
 
 
Claudia Fernandes.

quinta-feira, outubro 02, 2014

Solidão...

 
 
 
A solidão existencial
é uma companhia real,
impossível de negar
e muito difícil de se conviver.
 
 
Claudia Fernandes

Viva!

 
 
 

 
Eu e Arnor Fernandes queremos agradecer a todos que rezaram por nossa Milla, mandaram vibrações positivas ou mesmo só pensou nela por um segundo.
A cirurgia acabou há pouco e foi um sucesso!
Nossa pequena guerreira passou por mais essa batalha, mas saiu vitoriosa.

Agora é muito dengo, mimo e amor para ela se recuperar da melhor forma possível...

Obrigada e um beijo.


Claudia Fernandes.

Cirurgia de Milla.



A cirurgia de minha Milla foi marcada para amanhã, ao meio-dia.

Aqui em casa, a tensão já se instalou e é crescente.

Peço aos amigos que rezem ou mandem vibrações positivas para ela e para os cirurgiões.

Obrigada.


Claudia Fernandes.

sexta-feira, setembro 19, 2014

I follow rivers...






Oh, I beg you: can I follow?

Oh, I ask you: why not always?

Be the ocean, where I unravel

Be my only, be the water and I'm wading

You're my river running high, run deep, run wild



I, I follow

I follow you deep sea baby

I follow you

I, I follow

I follow you dark room honey

I follow you



He a message, I'm the runner

He's the rebel, I'm the daughter waiting for you

You're my river running high, run deep run wild



I, I follow

I follow you deep sea baby

I follow you

I, I follow

I follow you dark room honey

I follow you



You're my river running high, run deep run wild

I, I follow

I follow you deep sea baby

I follow you

I, I follow, I follow you, dark room honey

I follow you

I, I follow

I follow you deep sea baby

I follow you

I, I follow, I follow you, dark room honey

I follow you



I, I follow

I follow you deep sea baby

I follow you

I, I follow

I follow you, dark room honey

I follow you




Tradução livre feita por mim.



Oh, eu imploro: posso segui-lo?

Oh, eu pergunto: por que não sempre?

Seja o oceano onde eu deságuo

Seja meu único, seja a água e estou transpondo

Você é o meu rio correndo forte, profundo e selvagem



Eu eu sigo

Eu o sigo nas profundezas do mar, baby

Eu o sigo

Eu eu sigo

Eu o sigo num quarto escuro, querido

Eu o sigo



Ele é a mensagem, eu sou a mensageira

Ele é o rebelde, eu sou a filha esperando por você

Você é o meu rio correndo forte, profundo e selvagem



Eu eu sigo

Eu o sigo nas profundezas do mar, baby

Eu o sigo

Eu eu sigo

Eu o sigo num quarto escuro, querido

Eu o sigo




















Bjo,


Claudia.

quarta-feira, setembro 17, 2014

Só se vê na Bahia...




Ligamos para pedir uma pizza.

Quando falamos o endereço, o atendente soltou:

"Poxa, uma moto acabou de sair para fazer uma entrega nesse condomínio, pai!!"

Pai??

Isso só se vê na Bahia, pai...



Bjo,


Claudia.

quarta-feira, agosto 27, 2014

Chegamos...

Chegamos à Argentina num momento histórico!
Greve nacional, passeatas nas ruas.
Não sei dizer até onde é real, até onde é "clarinificado", mas o pau está quebrando por aqui, pelo menos na mídia.
Dou notícias...

Mi Buenos Aires querido!!




Amanhã, vou viajar com Arnor Fernandes para comemorar meu aniversário de 42 anos.
Comemorar a saúde, o amor e a harmonia!
Vou ficar alguns dias fora do Brasil.
Mas eu volto, viu?
Até lá, amigos!
Fiquem em paz...



Atualização 1:

O voo para São Paulo ia atrasar muito, nos colocaram em outro para o Rio. Beleza!
Mas o para Buenos Aires que seria às 18h, passou para 22 h.
Que massa! ‪#‎SQN‬
Já que é assim, que venha o Duty Free...

Atualização 2:

Esperar um voo atrasado é chato pacas...
Tudo seria amenizado com uma passadinha no Duty Free.
Já fui e fiz ótimas compras.
Mas aguentar um serviço de som péssimo e ainda uma locutora com a mesma voz de Marina Silva realmente é de lascar...
Socorro!
Claudia.

sábado, agosto 16, 2014

Bem vindo, Gui!



Esse é meu segundo sobrinho-neto, Guilherrme...

Coruja, eu?

Magiiinnaaa...



Bjo,



Claudia.

quinta-feira, agosto 14, 2014

R.I.P., Eduardo Campos.



Hoje trabalhei muito e, apesar de ter tido um dia excelente, não parei de pensar na tragédia com o Eduardo Campos.

Como a vida corpórea é efêmera, não é? E como insistimos em não assimilar isso.

Aqui em casa, ficamos muito tristes. Na verdade, chocados. Só falávamos sobre esse assunto.

Só Deus para consolar sua mãe, esposa, filhos e familiares.

Nesse momento, não importam lados, preferências, partidos, ideologias, lutas...

Creio que o Brasil inteiro esteja meio de luto.

Que ele descanse em paz.










Claudinha.

sexta-feira, agosto 08, 2014

"Lula é um fenômeno." Aécio Neves






"Lula é um fenômeno. Lula não é uma coisa normal, Lula é algo que, no futuro, os estudiosos, os sociólogos, os cientistas políticos vão analisar como algo que nunca aconteceu na história do Brasil.

Lula representa a aspiração de ascensão social de qualquer brasileiro."



Aécio Neves.




Taí, mesmo parecendo que está enrolando a língua, concordo com ele.



Bjo,


Claudia.

quinta-feira, agosto 07, 2014

Você conhece Deus? Mesmo?




Excelente vídeo!!

O problema não é acreditar ou não em Deus. 

Deus pode ser muitas coisas, mas é sempre bom.

O problema é quando começamos a crer, fanaticamente, em religiões criadas por seres humanos que escolhem o que devemos ser e no que podemos acreditar.

Eu não me permito seguir as ordens de outro(s) homem(ns) cegamente. Isto me anularia.

E não preciso que nenhuma religião criada por um homem me diga como é Deus e como devo agir. Eu sei.

Eu me nego a comprar uma cegueira artificial. Se é para ficar cega, deixe que eu mesma furo meus olhos!



Bjo,


Claudia.

Direita x Esquerda




"No Brasil, a direita preocupa-se com pib e inflação; a esquerda, com a distribuição de renda.

A direita coloca foco na eficácia empresarial; a esquerda, na justiça social.

A direita valoriza a propriedade privada; a esquerda, o bem comum.

A direita concentra verba pública em obras para transporte individual; a esquerda, em melhoria e mais espaço para o transporte coletivo.

A direita deseja menos impostos; a esquerda, mais impostos para os mais ricos.

Lutar para manter as políticas brasileiras de transferência de renda, de inclusão da população pobre e negra no sistema educacional e no mercado de trabalho, condenação da homofobia e da transfobia, legalização da maconha são causas particularmente caras à esquerda, e não à direita.

Direita e esquerda NÃO são orientações estáticas e sua interpretação e aplicação variam no tempo e conforme o contexto político, social e geográfico.

Esquerda é uma coisa no Brasil, e outra diferente nos EUA.

O PSDB, em seus primórdios, frequentou o espectro da esquerda, mas hoje virou uma UDN fora de seu tempo.

Direita e esquerda tem cada qual projetos distintos de sociedade.

Em minha observação, concordo com quem disse acima que os que afirmam não existir direita nem esquerda em geral têm orientação política de direita."


e


"Preocupar-se com = ter como foco principal (e.g.: FHC é a favor da legalização da maconha, mas isso não o torna um político de esquerda, em minha concepção).

Permitir acesso a bens de consumo (carros, mas também viagens e eletrodomésticos) às camadas mais pobres, como fez o Governo Federal, no Brasil, não configura uma política de direita, mas sim de esquerda.

Sacrificar o transporte individual em favor do transporte coletivo, como tem feito Haddad em sua luta em SP, é uma política pública de esquerda."



Eduardo Araujo, comentando um post do Leandro Fortes no Facebook.







Corretíssimo!


Bjo,


Claudia.

quarta-feira, agosto 06, 2014

Violência Urbana



Hoje, umas 8 h da noite, estava no Ponto do Pão, na Estrada do Côco.

Enquanto ele entrou lá, fui à farmácia Drogasil, ao lado. 

Havia uma senhora com uma criança de uns 2 anos, em minha frente na fila, para pagar. Ela pagou e saiu. 

Quando paguei também e estava saindo, ela voltou correndo dizendo: 

"Levaram meu carro!! Enquanto estava colocando meu filho na cadeirinha do banco de trás, chegaram dois homens e anunciaram o assalto!"

Fiquei paralisada, porque vi a cena. Parecia câmera lenta, mas foi rapidíssimo.

Voltei para o Ponto do Pão para tomar minha sopa, horrorizada. Mas só pensava que o garotinho poderia ter sido levado pelos ladrões...

Certamente, dos males, o carro foi o menor. 







Bjo,













Claudia.

Para pensar durante o dia ou antes de dormir:





O escritor francês Phillipe Sollers escreveu:



“Dois mais dois são seis, disse o tirano.

Dois mais dois são cinco, disse o tirano moderado.

Ao cidadão corajoso que recorda, mesmo correndo riscos e perigos, que dois mais dois são quatro, os policiais lhe dizem:

‘você não há de querer voltar aos tempos em que dois mais dois eram seis’”.




Sacou??

Retirado do Blog do Juca.



Bjo,





Claudia.

domingo, agosto 03, 2014

As I Lay Dying



Um dos filmes mais tristes, melancólicos e densos que eu já assisti. 

Baseado na obra de William Faulkner, traduz o suprassumo do drama, do início ao fim, sem tomar um fôlego sequer. 

Cada personagem possui uma dor própria, mesmo com um sofrimento em comum: a morte da matriarca e a saga da família para enterrá-la no local desejado em vida (certamente, por isso, o título em português é O último desejo).

A música é outro personagem da história. Melancólica e sublime. 

Gostei muito da direção de James Franco. Mostrou muito talento e sensibilidade.

Só quem já assistiu a esse filme, pode dizer que conhece, de fato, um verdadeiro drama.










Bjo,










Claudia.

sábado, julho 26, 2014

Gratidão





A Gratidão é um sentimento humano? 

Será?


Bjo,



Claudia.

Como justificar o injustificável?



Para quem quer justificar o massacre de Israel na Palestina com a "não aceitação de um cessar-fogo pelo Hamas":

Israel = Estado = Governo eleito democraticamente = representa o israelense = responde perante tribunais internacionais.

Hamas = um grupo (semelhante a um partido), fanático religioso, com um braço militar, que comanda, de forma tirana, uma região, a Faixa de Gaza. Não representa o palestino. Considerado por muitos como um grupo terrorista.

Dá para comparar as responsabilidades?





Bjo,




Claudia.

sexta-feira, julho 25, 2014

É sério, embaixador?



Como levar a sério um embaixador que, ao ter o ataque (desproporcional sim) do seu país contra a Palestina criticado por outro país (no caso, o Brasil), responde:

"Desproporcional foi levar de 7 a 1"??

Ele estava querendo levar humor ao assunto, já tão cruel e desumano, é isso?

Ou é apenas um imbecil mesmo?

Um EMBAIXADOR que compara ataques bélicos cujo poder letal tem ceifado a vida de crianças e mulheres a um jogo de futebol precisa ser exonerado por justa causa IMEDIATAMENTE.

Porque, né...





Bjo,



Claudia.

quinta-feira, julho 24, 2014

#Cansada




Caso alguém perceba que estou começando a ficar menos contestadora ou didática do que antes, saiba que não é porque deixei de ser assim, e só cansaço mesmo.

Apenas cansei de, como dizia minha mãe, dar soco em ponta de faca.

Cansei de bater sempre de frente contra argumentos preconceituosos, mal informados, sem conteúdo ou forma, classistas, vira-latas (ainda uso esse termo por falta de outro), elitistas, desconexos, machistas, vingativos, etc.

Não, não, os donos desses argumentos não têm culpa alguma. A culpa é toda minha. Reconheço.

Querer dialogar com árvores?

Fazer-se entender a qualquer custo?

Enriquecer o debate falado em outra "língua"?

Eu e meu eterno didatismo utópico...

Que continuem achando que informação é conhecimento e acreditando que sabem tudo porque leram numa péssima revista ou viram no JN. Está certo também. Não está?

Vou começar a virar as costas, fechar os ouvidos...

Mas, nesse caso, e porque sou uma pessoa extremamente generosa, me reservo o direito de lhes desejar boa sorte no caminho escolhido.

De minha parte, tentarei, com todas as forças (porque não é fácil para mim) não me interpor entre essas pessoas, suas neuroses e/ou miopia acentuada.

Para esses propósitos, recomendo a consulta com um psicólogo ou oftalmologista (eu mesma já faço isso).

E que, nesse ínterim, possamos conviver da melhor maneira possível.

Eu aqui e lá eles!




Bjo,




Claudia.

domingo, julho 20, 2014

Inacreditável!




Estou começando a achar que esse Constantino é de esquerda e está infiltrado na Veja. 

Um cara que defende tão ferrenhamente a direita mas só escreve textos imbecis e preconceituosos é um tiro no pé! 

É muita queimação de filme, gente... Dá pena.

E pelo contrário, só faz ajudar as pessoas com um mínimo de inteligência, e que ainda estavam indecisas, a optarem exatamente pelo oposto a esse mar de cretinice.

Com um "jornalismo" de oposição como esse, fica muito fácil... 

Não precisa nem discutir. 

É surrealmente patético!

Ah, e para quem quiser ler para crer no artigo dessa pessoa, mas não quer ajudá-lo com aumento de views, favor use o link:





Texto de Pablo Vilaça:


"Rodrigo Constantino, colunista da Veja, publicou um artigo (que me recuso a linkar) no qual protesta, veemente, contra o fim da figura do "macho", que estaria sendo substituída pela de homens sensíveis - que, de acordo com ele, jamais seriam capazes de satisfazer uma mulher de fato. Este, aliás, é só o começo de um texto inacreditavelmente tolo, machista e míope.

Aliás, depois de comentá-lo brevemente, postei uma série de tweets que compilo abaixo para atender aos pedidos de alguns leitores que solicitaram que eu os reunisse em algum lugar de fácil consulta.

Para começo de conversa, o conceito de "macho" defendido por Constantino é anacrônico e defasado como sua visão política; pertence a um século de afirmação da virilidade através da brutalidade e da secura. O sujeito afirma, por exemplo, que as mulheres não apreciam homens sensíveis; eu, por outro lado, não acredito que elas apreciem que um homem tente falar por elas.

Mas estas posições de Constantino não me espantam, já que ele é o pacote completo da neodireita que defende interesses neoliberais das grandes empresas, detesta minorias e vomita desinformação e preconceito. Aliás, ele está na revista certa, tem os leitores que merece e apoia o candidato ideal à sua visão de mundo torta. É um sub-Rush Limbaugh.

Esta direita de Constantino, Mainardi, Azevedo, Olavo de Carvalho, Pondé e Aécio Neves é inspirada no Tea Party norte-americano: protestam sempre contra intervenção estatal, querem "Estado mínimo", mas ao mesmo tempo exigem que este limite os interesses das minorias, desde casamento homossexual a direitos das mulheres.

É a direita que prega que o mercado se regule (ou seja: que não haja regulação nenhuma) e que o Estado beneficie os ricos - fórmula que levou à crise de 2008. É a direita que quer privatizar tudo para que as empresas particulares lucrem até com os recursos naturais do país, tirando, no processo, a possibilidade de que o Estado tenha verba para dar suporte a quem precisa. 

Se você for negro, gay, mulher ou pobre, querem que se cale, que pare com esse negócio de "exigir direitos". Mas se for branco, homem e rico, o Estado tem OBRIGAÇÃO de te ajudar: menos impostos, mais direitos e zero de regulação.

O problema é que o homem branco rico é minoria e seu voto, para seu desespero, conta tanto quanto o da mulher negra gay e pobre. Para contornarem isso, os que detêm poder usam a mídia para criar um retrato de caos e desestabilidade para tentar levar o povo a votar contra os próprios interesses e em prol daqueles que já têm tudo. 

Exemplo nos Estados Unidos que Constantino tanto ama: há duas semanas, a Suprema Corte dos EUA determinou que as EMPRESAS (vejam só) têm direito a manifestar CREDO RELIGIOSO. O objetivo: permitir que as corporações neguem planos de saúde às funcionárias que, mais caros, incluam direito a métodos contraceptivos. 

Sim, os Estados Unidos agora inventaram o conceito de CORPORAÇÕES COM CREDO. E é por isso que figuras como Constantino lambem o saco dos EUA: porque lá as empresas têm mais direitos que os cidadãos.

É isso que querem pro Brasil. Vender tudo, colocar todas as nossas riquezas nas mãos de empresários. Petróleo, água, energia, tudo. 

E usam a imprensa para convencer o cidadão comum a botar no poder quem permita que façam isso.

É uma estratégia antiga, óbvia e que, antes da Internet, funcionava na maioria das vezes, já que detinham quase exclusivamente a informação.

Não mais."




Bjo,




Claudia.

sexta-feira, julho 18, 2014

Mulher com mais de 40...




Uma crônica do jornalista Salomão Schvartzman (sósia do velho Baraúna) faz um excelente comentário sobre as as mulheres com mais de 40 anos.

O cronista diz que à medida que avança a idade devemos valorizar muito mais as mulheres com mais de 40 anos e apresenta nove razões para isso:

"1. Uma mulher com mais de 40 nunca irá lhe acordar no meio da noite para lhe perguntar com quem você está sonhando, simplesmente porque não lhe interessa com quem você está sonhando…

2. Se uma mulher com mais de 40 não quer assistir a um um jogo de futebol, não fica reclamando em círculos e andando no meio da sala, não – ela simplesmente vai fazer o que ela quer fazer, com grandes chances de ser muito mais interessante…

3. Uma mulher com mais de 40 se conhece o suficiente para estar segura de si mesma para saber o que quer, para saber quem quer… 

São poucas as mulheres com mais de 40 que se importam com o que você pensa delas…

4. As mulheres com mais de 40 são superiores, nunca dão uma baixaria no meio do restaurante e se você aprontar alguma, elam até podem lhe acertar um tabefe, mas em regra simplesmente lhe abandonam e depois não lhe querem ver nem pintado, por mais que você implore desculpas e diga que está arrependido…

5. As mulheres com mais de 40 tem segurança o suficiente para lhe apresentar as suas amigas, já as mulheres mais jovens…podem até ignorar a existência da sua melhor amiga.

6. As mulheres com mais de 40 acabam se tornando meio adivinhas – você não precisa confessar seus pecados, porque elas sempre sabem.

7. Uma mulher com mais de 40 fica absolutamente linda com um batom vermelho.

8. É honesta e direta e dirá que você é um completo imbecil se pensar isto de você.

9. Há muitas coisas legais para se dizer de uma mulher com mais de 40 e pelas razões mais diferentes e lamentavelmente isto não é sempre recíproco – porque para cada mulher com mais de 40, inteligente, bem sucedida, atraente, charmosa, bonita, e sexy geralmente tem um homem de 40 gordo, largado, se achando e com uma mulher de 20 do lado dele.

Ao final, adverte que se cada homem soubesse aproveitar a companhia da mulher com mais de 40 que está ao seu lado, ele saberia a diferença entre a beleza física e a sabedoria madura…

Se você tiver uma mulher com mais de quarenta ao seu lado usufrua da vida enquanto puder, pois estará usufruindo o que a vida tem de mais belo e seja feliz!" finaliza o jornalista.

Se quiser ouvir esse texto, com a narração do próprio Schvartzman, clique aqui:




Bjo,



Claudia.

sexta-feira, julho 11, 2014

O porta-voz da covardia da direita


Ui! Que MEDA!




O porta-voz da covardia da direita

Por Fernando Brito, no blog Tijolaço:

Eu gosto de ler a coluna de Reinaldo Azevedo.

Não, não se surpreendam: gosto de conhecer, dito com sinceridade, o pensamento hidrófobo que domina a mente brasileira e que é amenizado e envolvido em palavras bem mais gentis ou, se quiserem, aparentemente mais civilizado.

Reinaldo, não: é a expressão crua e babujante do ódio, própria daquela espécie com que ele foi comparado até por colunistas conservadores.

Ontem e hoje, talvez não haja um brasileiro, inclusive este blogueiro, que não tenha criticado – e com toda a dureza natural da nossa frustração – a seleção brasileira e, sobretudo, o seu comando técnico.

Acabei de fazê-lo, no post anterior e há erros a serem cobrados e corrigidos.

E coisas inexplicáveis, como não “parar” o jogo no meio daquele vendaval alemão, com uma comissão técnica que tem décadas no mundo manhoso do futebol.

Eu mesmo escrevi aqui que o “politicamente correto” – e Felipão sempre foi dócil a ele, ao contrário do massacrado Dunga, por desastre muito menor – tinha grande parcela de culpa no desastre.

Não é incomum, desde as antigas mesas-redondas de futebol, que estas cobranças sejam duras e as críticas, ácidas.

Mas “a voz sincera do PSDB” revela com toda a crueza e animalidade a imensa satisfação com que eles receberam o desastre do time brasileiro, porque destila veneno e mal disfarça a alegria com algo que doeu muito fundo em quase 200 milhões de brasileiros.

Ele se espalha na mais sórdida agressividade e desrespeito pessoal.

Pouco falta para chamar Luís Felipe Scolari de “agente de Dilma Rousseff” e do petismo.

O sucesso ou insucesso de uma seleção de futebol no país do futebol pertence a todos.

Mas Reinaldo reage com um “bem-feito”, um “eu disse” , “eu já sabia” que não lhe escondem o prazer em, para alcançar uma improvável sucesso eleitoral, comemorar a tristeza dos brasileiros.

E desenha, à vista de todos, o que é a direita brasileira.

quinta-feira, julho 10, 2014

Definitivamente




Definitivamente

Não sou o tipo de pessoa de quem se diria: 

"Adoro! Ela é uma fofa, simpática, pacífica, tão sociável! Super boazinha... Até acordou cedo!"

Não, não sou dessas. Nunca fui.

Sou difícil, exigente e cheia de manias estranhas e que me pertencem e me definem.

Mas, em compensação, sou o tipo de pessoa que, quando todos os sociáveis e bonzinhos somem, está lá firme, cede seu ombro, seu tempo, sua atenção e lhe dá todo o apoio possível, honesto e silencioso, quando você mais precisa.

Sem plateias, sem espetáculos. Quase sempre, na escuridão das madrugadas. Apenas eu e o outro.

Eu e uma amiga.

Eu e um cachorro.

Eu e um parente.

Eu e um cavalo.

Eu e um gato.

Sim, sou dessas.

E desagrado aqueles que percorrem o caminho da ostentação e de diálogos cheios de palavras sociáveis faladas ao vento.

Meu jeito simples e direto assusta alguns, mas me serve de filtro para atrair os que valem a pena.

Sou dessas. 





Claudia Fernandes.
Related Posts with Thumbnails

Minha família

My kind of Spirit...


You are the elusive Night Spirit.
Your season is Winter, when the stars are bright and frost crystallizes the fallen leaves.
You are introspective, deep-thinking, and mysterious.
Everyone is intrigued and a little intimidated by you because you have an aura of otherworldliness.
You work in extremes, sometime happy, other times sad, but always creative and philosophical.
You are more concerned with the unseen, mystical, and metaphysical than the real world.
Night Spirits have a tendency to get lost in themselves and must be careful not to forget reality, but their imagination is limitless.