________________________________


Comecei a escrever no momento em que percebi que só pensar não mais me satisfazia.

Precisava transbordar todo aquele pensamento que só ao meu universo de idéias pertencia.

Hoje, escrevo por pura necessidade, por irresistível vício e por agradável teimosia.




Claudia Pinelli Rêgo Fernandes ®



quinta-feira, março 16, 2006

Olhos, A Porta De Entrada Para A Alma..


Olhos, A Porta De Entrada Para A Alma..


Estou triste.

Estou me sentindo fraca, impotente.

Quero ficar deitada, só, no escuro.

Não estou conseguindo me recuperar de uma doença que aparentemente deveria ser uma simples virose de verão.

Sinto enjôos, vomito tudo que como, tenho dores de cabeça terríveis, fico deitada o dia inteiro, e quando finalmente dou uma fugida para fazer algo, como escrever esse pequeno texto aqui, logo me sinto mal e enjoada de novo.

Estou sem vontade de comer, de sorrir, de fotografar, de ir para aula de piano, enfim, de fazer as coisas mais simples e cotidianas, e estou me sentindo mal até para atender aos telefonemas que recebo, pois não quero falar com ninguém. Isso é estranho vindo de mim.

Os olhos são a porta de entrada para a alma, eu acredito nisso, tanto que escolhi essa frase como título. É através dos olhos, do olhar de uma pessoa, que você reconhece sua alma, sua essência. Porém, acho que meus olhos, no momento, estão meio embaçados, visto que minha alma está fraca, doente e triste, portanto essa alma, a essência única que existe em cada um de nós e que nos faz igualmente únicos, em mim, agora, parece indecifrável para a maioria das pessoas, por isso prefiro o isolamento.

Quero que essa sensação de impotência diante de uma doença passe logo, para que eu volte a sorrir, a trabalhar, a tirar minhas fotos, a continuar nas aulas de música, a ir para minha pós, estudar, discutir com Lula Lasserre(colega muito querido com quem mantenho algumas discussões acadêmicas), escrever meus artigos atrasados, ver meus amigos, a viver normalmente.

Estar doente é uma merda... Ainda mais quando não se tem certeza da doença que você tem, na verdade.

Prefiro acreditar que seja uma virose dessas causadas pelos tais famosos rotavírus, que derruba a pessoa dois, três, até cinco dias, mas que no meu caso, como não poderia ser diferente, aconteceu de forma inédita, me deixando duas semanas de cama, nesse maior torpor.

Agora já vou.. Meu tempo de bem estar já está se esgotando.. Vou para o limbo, sentir o peso de minha existência...(Como isso soou extremista e fatídico.. Vade retro, satanas!)

"I try to laugh about it
Cover it all up with lies
I try to laugh about it
Hiding the tears in my eyes "

Bjo.


Música:(totalmente sem inspiração) Boys don't cry - The Cure.

6 comentários:

Anônimo disse...

depois disso tudo vc vai renascer como uma fênix
cláudio (clashcityrockers)

Roger Jones disse...

Cláudia... eu quero que melhore...
eu quero que isso passe...
você é importante...
e teu sofrimento deixa meu mundo triste e apático...
e deixa meu coração preocupado...
então...
eu...
eu quero que melhore...

Anônimo disse...

Poxa... que coisa! Que sensação de impotência que dá ao ler este texto. Impotência a minha por não saber o que fazer para você se sentir melhor.

Bem, talvez tudo isto seja necessário agora. Por pior que sejam os sintomas, talvez você esteja sendo apenas obrigada (de uma maneira idiota) a ficar imóvel, escondida, adormecida por algum tempo. Sei lá!...

Não queria que isto estivesse acontecendo com você, minha querida. Não mesmo.

Espero que acabe logo.
Um beijo grande.

Always around...
Tdrp.

miguel disse...

minha querida,

quando era novo,
gostava de estar doente.
era tratado com carinho,
faziam todas as minhas vontades
vinham dar beijo para dormir
e adormeciam comigo.
adorava leite de chocolate com
pão-de-leite com fiambre (não sei se há aí)

gostava da canja-de-galinha caseira
e no fim
da banana migada com sumo de laranja.

sim, acho que era feliz quando estava doente.

tinha toda a atenção do mundo.

agora, quando estou doente,
ninguém me liga...

fico só e irritado por o corpo ser
fraco e limitado...

já não gosto de estar doente.

fico revoltado e triste.

minha querida, fica boa depressa!

beijos, Miguel

Monica disse...

Amiga, 1o. Esse fundo preto é lindo! Mas com essa fonte não dá pra ler nada!!!!
2o, isso tem um nome,depressão, vc sabe. Às vezes vem sorrateira, nos pega, nos derruba, mas é preciso força pra levantar, pra sacudir a poeira. É preciso fé em si mesma. Vc vai superar isso. Vai sim! Um beijo imenso! E quero te ver logo!

miguel disse...

Minha querida,

volta rápido,
já tenho saudades tuas,
fica bem depressa,
nem que seja por mim.

beijos,
miguel

Related Posts with Thumbnails

Minha família

My kind of Spirit...


You are the elusive Night Spirit.
Your season is Winter, when the stars are bright and frost crystallizes the fallen leaves.
You are introspective, deep-thinking, and mysterious.
Everyone is intrigued and a little intimidated by you because you have an aura of otherworldliness.
You work in extremes, sometime happy, other times sad, but always creative and philosophical.
You are more concerned with the unseen, mystical, and metaphysical than the real world.
Night Spirits have a tendency to get lost in themselves and must be careful not to forget reality, but their imagination is limitless.