________________________________


Comecei a escrever no momento em que percebi que só pensar não mais me satisfazia.

Precisava transbordar todo aquele pensamento que só ao meu universo de idéias pertencia.

Hoje, escrevo por pura necessidade, por irresistível vício e por agradável teimosia.




Claudia Pinelli Rêgo Fernandes ®



terça-feira, julho 11, 2006

In Memoriam...


Syd Barrett (foto retirada do site http://www.jonas.io/main.php?page=artists)

Morre aos 60 anos, de causas relacionadas ao diabetes, na última sexta-feira, 7 de julho de 2006, o atormentado gênio, músico e compositor britânico, Syd Barrett.

Syd Barrett foi um dos fundadores do Pink Floyd junto com Roger Waters, Nick Mason e Rick Wright e escreveu muitas das primeiras canções da banda. Eles misturavam jazz e blues com o rock. Esta mistura fez deles um dos pioneiros do rock progressivo e os tornou muito apreciados na cena psicodélica de Londres. Em 1967, o disco The Piper at the Gates of Dawn(em sua grande parte escrito por Barrett que também era guitarrista da banda) foi um sucesso comercial e de crítica.

Contudo, mesmo com todo esse sucesso, Barrett sofria com instabilidade mental, exacerbada pelo consumo de LSD, e depressão. Cada vez mais seu comportamento foi ficando extravagante e inconstante, até que ele deixou o Pink Floyd em 1968, sendo substituído por David Gilmour(seu antigo professor de guitarra).

Após sua saída da banda, ele lançou apenas dois discos, The Madcap Laughs e Barrett. Criticados por uns, cultuados por outros, desistiu da carreira musical após essas duas tentativas. Um fato bem interessante, pelo menos para mim, é que no ano em que ele se retirava totalmente da vida pública, se enclausurando na sua casa, sem ter contato com ninguém, a não ser com uma irmã, eu estava nascendo, aumentando as fileiras dos que aqui chegam para iniciar esta batalha que é a vida.

Syd passou o resto de seus dias vivendo tranquilamente na sua cidade natal, Cambridge, Inglaterra, onde ele, apesar do " way of life" que levou, agora tinha uma vida bem "família", geralmente visto andando de bicicleta ou caminhando até a loja da esquina para comprar jornal.

Apesar de sua breve carreira ou de sua fragilidade, suas canções melancólicas influenciaram muita gente, de David Bowie, que fez um cover da canção de Barrett(See Emily Play), até outros membros do Pink Floyd, que gravaram o disco Wish you were here como um tributo ao problemático colega de banda.

Definitivamente, Syd Barrett é daqueles homens que nasceram fora de seu Tempo... Ou de seu Espaço.. Não sei ao certo.. Muito sensível.. Frágil.. Enxergava além... Quando tomava consciência do mundo à sua volta, se deixava levar pela melancolia e caía em desgraça. Posso entendê-lo, pois me identifico muito com esse seu jeito obscuro de encarar a vida e de reagir(ou não) perante as vicissitudes e dificuldades impostas pela mesma...

Enfim...

Morre um homem, nasce um mito...

Syd Barrett,

R.I.P.


Música: Wish You Were Here do Pink Floyd(música composta especialmente para Syd).

6 comentários:

Rod disse...

Um cara brilhante e mto atormentado. Reza a lenda q ele passou um show inteiro tocando uma mesma nota... Tal era seu nível de insanidade. Mas nos deixou algumas pérolas, clássicos q ficaram pra história. Rest in peace mr Syd!!!
Bjuxxx pra vc Cacau. Mto legal sua homenagem

miguel disse...

Claudinha,
Também gosto muito dele.
Devemos cuidar de nós para evitar destruir tantos momentos que poderiam ser únicos.
O potencial sempre esteve com ele mas maior parte das vezes ele abafava-o com drogas e bebidas.
Só poucos o acompanharam de perto. Ele não gostava que tivessem pena dele. Isolava-se. Ele próprio não gostava dele. Teria sido bom que procurasse cuidar mais do seu corpo, mente e espírito, a tempo.
Já imaginaste o que poderia ter sido se ele tivesse investido um bocadinho que fosse nele próprio?
Por ele...
Enfim, talvez não seja o comentário que esperavas, sorry...

Beijos,
Miguel

dolci disse...

Syd Barret é um gênio mesmo...
e com certeza é graças a ele e sua mente "atormentada" que pudemos ter o prazer de uma banda tão espetacular como o PINK FLOYD!!!
como você disse sobre o álbum WISH YOU WERE HERE(que por sinal é sensacional) a música "shine on you crazy diamond" dizia: "Remember when you were young, you shone like the sun."
...com certeza podemos dizer que ele era um cara brilhante!!!
enfim...a vida é assim , né...

pra dizer a verdade conheço os discos dele mas nunca tive a oportunidade de ouvi-los pra poder dizer se são bons ou não!!!

anyway...quem sabe agora o PINK FLOYD se anime de gravar mais um disco em sua homenagem , que seria provavelmente o último disco deles , pois eles não devem ter perspectiva de lançar nada novo!!!...com a participação de Roger Waters ainda...seria tudo de bom!!!

mas é isso...
saudades da senhorita no buzz!!!

se cuida...BEIJOS

Anônimo disse...

Pra mim o Pink deveria ter acabado assim que ele saiu...o cara mudou a cara do rock e só gravou um disco "são"...os solos tb são fodaços...imagina se o cara num tivesse "louco" o q ele num ia aprontar...


Beijos Dona Nic.

Do seu,

Dean

Juca disse...

execelente texto, Claudia.

Maurição disse...

Cara Rainha do Nilo,
omo ja lhe disse outrora, casos como este de Síndrome do estrangeiro é muito comum nestes tempos. Voce é um caso destes, já lhe falei a respeito. A chave para seguir com pucas atribulações é a fé. Não esta fé pregada pelas religiões instituidas mas a crençanos valores que voce adotou como "Seus Valores".
Se voce acreditar no seu potencial, divino ou não, a depender dos seus valores, certamente os seus caminhos serão mais pavimentados do que os dos incredulos.
Acredite em voce porque voce é.
Não acompanhei a biografia do seu ídolo mas sei que voce o compreende bem pois atravessa túneis semelhantes, mas tenha certeza que o seu poder de encurtar os túneis são reais, asta exerce-lo e para tal será exigido de voce fé. Fé em seu poder de mudar influenciar criar etc etc etc.
Eternamente seu admirador ,Mauricio.

Related Posts with Thumbnails

Minha família

My kind of Spirit...


You are the elusive Night Spirit.
Your season is Winter, when the stars are bright and frost crystallizes the fallen leaves.
You are introspective, deep-thinking, and mysterious.
Everyone is intrigued and a little intimidated by you because you have an aura of otherworldliness.
You work in extremes, sometime happy, other times sad, but always creative and philosophical.
You are more concerned with the unseen, mystical, and metaphysical than the real world.
Night Spirits have a tendency to get lost in themselves and must be careful not to forget reality, but their imagination is limitless.