________________________________


Comecei a escrever no momento em que percebi que só pensar não mais me satisfazia.

Precisava transbordar todo aquele pensamento que só ao meu universo de idéias pertencia.

Hoje, escrevo por pura necessidade, por irresistível vício e por agradável teimosia.




Claudia Pinelli Rêgo Fernandes ®



segunda-feira, julho 18, 2005

Amor e liberdade


Freedom por Daniel Koralek. Posted by Picasa



Você sabe amar?

Você sabe amar? Eu estou aprendendo.
Estou aprendendo a aceitar as pessoas, mesmo quando elas me desapontam.
Quando fogem do ideal que tenho para elas, quando me ferem com palavras ásperas ou ações impensadas.
É difícil aceitar as pessoas assim como elas são, não como eu desejo que elas sejam.
É difícil, muito difícil, mas estou aprendendo.
Estou aprendendo a amar.
Estou aprendendo a escutar, escutar com os olhos e ouvidos, escutar com a alma e com todos os sentidos.
Escutar o que diz o coração, o que dizem os ombros caídos, os olhos, as mãos irrequietas.
Escutar a mensagem que se esconde por entre as palavras corriqueiras, superficiais.
Descobrir a angústia disfarçada, a insegurança mascarada, a solidão encoberta.
Penetrar o sorriso fingido, a alegria simulada, a vanglória exagerada.
Descobrir a dor de cada coração.
Aos poucos, estou aprendendo a amar.
Estou aprendendo a perdoar.
Pois o amor perdoa, lança fora as mágoas, e apaga as cicatrizes que a incompreensão e insensibilidade gravaram no coração ferido.
O amor não alimenta mágoas com pensamentos dolorosos.
Não cultiva ofensas com lástimas e autocomiseração.
O amor perdoa, esquece, extingue todos os traços de dor no coração. Passo a passo,
estou aprendendo a perdoar, a amar.
Estou aprendendo a descobrir o valor que se encontra dentro de cada vida, de todos as vidas.
Valor soterrado pela rejeição, pela falta de compreensão, carinho e aceitação, pelas experiências duras vividas ao longo dos anos.
Estou aprendendo a ver nas pessoas a sua alma e as possibilidades que Deus lhes deu.
Estou aprendendo.
Mas como é lenta a aprendizagem!
Como é difícil amar, amar como Cristo amou!
Todavia, tropeçando, errando, estou aprendendo...
Aprendendo a pôr de lado as minhas próprias dores, meus interesses, minha ambição, meu orgulho, quando estes impedem o bem-estar e a felicidade de alguém!
Como é duro amar!
Eu estou aprendendo.
E você?
SABE AMAR?

Lia Sérgia

Sem comentários.. Apenas reflexões.. Internas, pessoais, solitárias...

Bjo.

Música: Agonised by love do Clan of Xymox.

3 comentários:

Anônimo disse...

Meu amor...
Esse texto... Muito lindo... Muito profundo... Tanto qto o amor que sinto por vc... Esse amor verdadeiro e sincero. Às vezes falamos coisas que magoam e ferem, somos humanos, e passivos de erros. Principalmente qdo estamos abalados, não pensamos direito e saimos desferindo golpes cruéis. Mas o perdão é um ato nobre. Tão nobre qto amar. E vc ta mesmo aprendendo a amar e a perdoar. Vc é de uma estirpe nobre, uma verdadeira rainha, já provou isso. E merece ser tratada como tal, com toda lealdade e dedicação de um súdito fiel. Amo vc, de verdade, apesar de todas as barreiras, continuo te amando. Vivendo, aprendendo a amar e a perdoar. Bjo na sua alma!!!

Rod disse...

Oi Clau, minha linda!!!
Nossa, o cara aí de cima tava inspirado mesmo... :o) Mas sabe que eu concordo com ele? Perdoar é um ato nobre, é realmente muito difícil de fazer. Sabe, recentemente tive um período turbulento com o meu more... Parafraseando o carinha aí de cima, "Às vezes falamos coisas que magoam e ferem, somos humanos, e passivos de erros". Eu acho que com uma boa conversa com a cabeça fria e o pé no chão, podemos evitar uma "guerra". E conseguimos nos acertar novamente, posso dizer que nos reencontramos como antes. Hoje está tudo bem, vou dormir feliz.
Estou aprendendo também, ao longo dessa minha vida a amar, e a perdoar. Espero que um dia eu possa ser tão nobre quanto você, digno de lealdade e dedicação. Estou trabalhando pra isso. Bem, quanto a seus posts, o que dizer? A cada dia vc está se superando, sempre colocando as coisas certas na hora certa. Saiba q a minha admiração por você é grande, sou seu fã :o)
Bjuxxx nesse seu coração lindo!!!!

dan koralek disse...

oi...
Lindo isto.
E mais uma vez você conseguiu captar a "essência" da foto.

Um beijo grande!

Related Posts with Thumbnails

Minha família

My kind of Spirit...


You are the elusive Night Spirit.
Your season is Winter, when the stars are bright and frost crystallizes the fallen leaves.
You are introspective, deep-thinking, and mysterious.
Everyone is intrigued and a little intimidated by you because you have an aura of otherworldliness.
You work in extremes, sometime happy, other times sad, but always creative and philosophical.
You are more concerned with the unseen, mystical, and metaphysical than the real world.
Night Spirits have a tendency to get lost in themselves and must be careful not to forget reality, but their imagination is limitless.