________________________________


Comecei a escrever no momento em que percebi que só pensar não mais me satisfazia.

Precisava transbordar todo aquele pensamento que só ao meu universo de idéias pertencia.

Hoje, escrevo por pura necessidade, por irresistível vício e por agradável teimosia.




Claudia Pinelli Rêgo Fernandes ®



sexta-feira, agosto 10, 2007

Não falei, seus otários??


(Foto retirada da internet - br.news.yahoo.com)


Agencia Estado - 9/8/2007 07:23


STF arquiva ação por causa da idade de Maluf


O Supremo Tribunal Federal (STF) decretou arquivamento do processo criminal aberto contra o deputado e ex-prefeito Paulo Maluf por suposto envolvimento em desvio de recursos públicos municipais destinados a uma obra complementar do Complexo Viário Ayrton Senna, em São Paulo. A decisão foi tomada pelo ministro Eros Grau, que acolheu parecer do Ministério Público Federal e declarou extinta a punibilidade de Maluf pela prescrição da pena a que ele estaria sujeito.


Como tem mais de 70 anos, Maluf foi beneficiado pelo critério previsto no Código Penal que reduz pela metade o prazo que a Justiça tem para punir um acusado nessa condição. A investigação atribuía ao ex-prefeito crimes de corrupção e falsidade ideológica, conforme artigo 1.º do decreto-lei 201/67, que trata de delitos penais cometidos por administradores municipais.
O desvio imputado a Maluf teria ocorrido em 1996, último ano de sua gestão como prefeito.

"Consumou-se o lapso prescricional desde 2004", destacou a subprocuradora-geral da República Cláudia Sampaio Marques.


Laudo do Ministério Público Estadual apurou, em 2000, que o montante do desfalque ao Tesouro teria atingido R$ 5,8 milhões - em valores atualizados até aquele ano.


As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

******************************************************************************

Reservo-me o direito de não tecer comentários sobre esse assunto.
Minha imaginação, dessa vez, preferiu viajar para a Terra do Nunca.
Deixo apenas uma trilha sonora digna desse fato, Ó, Fortuna - de Carl Orff(apesar de não se referir à grana, cai como um trocadalho do carilho nessa situação), cuja temática há quem afirme ter sido dedicada a Hitler e ainda por cima fala de profecias...
E o que foi esse circo todo senão uma bela profecia feita por um mestre dos tiranos profetas?



Bjo.




Visite também:


Prosaicos Poemas



Ouça:

4 comentários:

José Alberto Farias disse...

Puta que pariu!

Edson Marques disse...

Cláudia,

estive lendo (e relendo) algusn dos teus poemas lá nos Prosaicospoemas. Cada vez me encanto mais. O próprio texto introdutório ao blog já é uma criação maravilhosa!

Quanto à prescrição "ensaiada e prevista" das "coisas" do Maluf, é apenas mais um sintoma da impunidade vigente no Brasil. Com uma competente ajuda do Judiciário, é claro.


Abraços, flores, estrelas...

sarah k disse...

Putz!
E acontece tudo como sempre mais uma vez....

Pena que a música não toca, está falhando.

beijos
;-)

Rod disse...

Criminoso pra mim, é criminoso e independente da idade, tem que pagar pelos seus crimes. Se for velho, que morra na cadeia. Vergonha!!!

E sobre o seu outro blog, parabéns, está ótimo!!! O poema Samsara me lembra uma situação que vivi recentemente.

Bjxxx

Related Posts with Thumbnails

Minha família

My kind of Spirit...


You are the elusive Night Spirit.
Your season is Winter, when the stars are bright and frost crystallizes the fallen leaves.
You are introspective, deep-thinking, and mysterious.
Everyone is intrigued and a little intimidated by you because you have an aura of otherworldliness.
You work in extremes, sometime happy, other times sad, but always creative and philosophical.
You are more concerned with the unseen, mystical, and metaphysical than the real world.
Night Spirits have a tendency to get lost in themselves and must be careful not to forget reality, but their imagination is limitless.