________________________________


Comecei a escrever no momento em que percebi que só pensar não mais me satisfazia.

Precisava transbordar todo aquele pensamento que só ao meu universo de idéias pertencia.

Hoje, escrevo por pura necessidade, por irresistível vício e por agradável teimosia.




Claudia Pinelli Rêgo Fernandes ®



domingo, agosto 05, 2007

Rir ainda é o melhor remédio...

Se está aí sem nada interessante para fazer
o tédio inconveniente insiste em lhe rondar
uma excelente solução acabo de lhe oferecer
clique na seta abaixo, deixando o vídeo rolar

À primeira vista, cenas de um filme premiado
com roteiro inteligente, alguns atores famosos
chamou-se no Brasil: Shakespeare apaixonado
e como o título sugere, havia diálogos amorosos

Essa versão modificou aquela história romântica
somando uma dublagem inteligente e escrachada
e assim produziu essa pérola de nobre semântica
com vozes conhecidas e temática assaz engraçada


Divirta-se!


Claudia Fernandes








Bjo.


Mais poemas aqui:

Prosaicos Poemas

5 comentários:

Sir Lurch disse...

Pra falar a verdade, só li aquele poema msm, pq tava fazendo contatos, ou seja, vendo blogs interessantes e entrando contato com os seus respectivos autores. Tava seguindo uma trilha de links aleatórios e acabei indo parar num tipo de sociedade de blogs de garotas anoréxicas, acredita? hehehe! Bom, mas enfim... Vc é uma pessoa bem interessante. Ainda não havia conhecido ninguém q escreve poesias, tem como um dos filmes prediletos Laranja Mecânica, escuta Lynard Skynard (eu adoro Free Bird!) e põe Nightwish pra tocar como tema musical de um dos seus blog. Realmente interessante...

José Alberto Farias disse...

Cláudia, temos um problema aqui: não dá para ouvir o vídeo pois a música de fundo do blog atrapalha.

cantabile disse...

que bom le-la novamente!
bjs e boa semana!

Claudia Fernandes disse...

Zé, querido..
É simples... Basta vc clicar em pause..
Bjk.

Amélie disse...

Simplesmente divertidíssimo...
E vc anda sumida demais!

Beijos, beijos!

Related Posts with Thumbnails

Minha família

My kind of Spirit...


You are the elusive Night Spirit.
Your season is Winter, when the stars are bright and frost crystallizes the fallen leaves.
You are introspective, deep-thinking, and mysterious.
Everyone is intrigued and a little intimidated by you because you have an aura of otherworldliness.
You work in extremes, sometime happy, other times sad, but always creative and philosophical.
You are more concerned with the unseen, mystical, and metaphysical than the real world.
Night Spirits have a tendency to get lost in themselves and must be careful not to forget reality, but their imagination is limitless.