________________________________


Comecei a escrever no momento em que percebi que só pensar não mais me satisfazia.

Precisava transbordar todo aquele pensamento que só ao meu universo de idéias pertencia.

Hoje, escrevo por pura necessidade, por irresistível vício e por agradável teimosia.




Claudia Pinelli Rêgo Fernandes ®



sexta-feira, abril 13, 2007

Olhe...


Olhe..

Olhe com mais atenção e jeito...

Perceba como somos tão belas..

Mas também temos algum defeito..



Mas quem foi que disse

(creio que com alguma intenção)

Que beleza tem sempre que estar

Associada à perfeição?



Há beleza em muitos lugares

Em muitas formas até

A beleza está na diferença

De cor, de raça, de idade, de axé



Abra os olhos e saiba

Reconhecer as verdadeiras belezas que há

Sempre no plural

E nunca apenas no singular



E poderá enfim

Após aprender a intuir

Dizer que o belo não é o que se impõe

Mas aquilo que se faz sentir.




Claudia Fernandes ®







Bjo.


Música: Legião Urbana - Perfeição.

4 comentários:

pequenos delitos disse...

Engana-se quem espera encontrar a beleza na perfeição. E você foi feliz ao colocar a beleza no plural e em enfatizar as diferenças.
Quem admira o belo está permanentemente se surpreendendo.

Lady Butterfly disse...

oi linda, não tenho vindo aqui por que meu monitor ta com defeito, o fundo preto não dá pra euler nada aki
, mas estou sempre vendo pelo google rader... beijos grandes e fica bem...

Sarah disse...

Claudia,
perfeito o que vc escreveu. Infelizmente a grande parte do olhar associa a beleza à harmonia e perfeição ... aliás, que limitante, não?!!
É tão satisfatório, pelo menos para mim, perceber a sutileza que se insinua nas diferenças, e nelas a beleza que poucos podem enxergar ....
beijos
;-)

Ricardo Rayol disse...

Estou com o PD a beleza é exatamente sermos imperfeitos.

Related Posts with Thumbnails

Minha família

My kind of Spirit...


You are the elusive Night Spirit.
Your season is Winter, when the stars are bright and frost crystallizes the fallen leaves.
You are introspective, deep-thinking, and mysterious.
Everyone is intrigued and a little intimidated by you because you have an aura of otherworldliness.
You work in extremes, sometime happy, other times sad, but always creative and philosophical.
You are more concerned with the unseen, mystical, and metaphysical than the real world.
Night Spirits have a tendency to get lost in themselves and must be careful not to forget reality, but their imagination is limitless.