________________________________


Comecei a escrever no momento em que percebi que só pensar não mais me satisfazia.

Precisava transbordar todo aquele pensamento que só ao meu universo de idéias pertencia.

Hoje, escrevo por pura necessidade, por irresistível vício e por agradável teimosia.




Claudia Pinelli Rêgo Fernandes ®



sexta-feira, abril 27, 2007

Tudo depende do ponto de vista






Tudo depende do ponto de vista


Dependendo do ponto de vista, você pode ser grosso ou delicado

Dependendo do ponto de vista, você pode ser sério ou engraçado

Dependendo do ponto de vista, você pode ser pardo ou amarelo

Dependendo do ponto de vista, você pode ser feio ou belo

Dependendo do ponto de vista, você pode ser querido ou odiado

Dependendo do ponto de vista, você pode ser macho ou viado

Dependendo do ponto de vista, você pode ser inteligente ou estúpido

Dependendo do ponto de vista, você pode ser louco ou lúcido

Dependendo do ponto de vista, você pode ser honesto ou ladrão

Dependendo do ponto de vista, você pode ser empregado ou patrão

Dependendo do ponto de vista, você pode ser tudo e não ser nada.

Dependendo do ponto de vista, você pode ser uma grande piada.

Sem graça...




Portanto, libere-se dessa prisão sendo exatamente quem você é...



Você.



Claudia Fernandes





Bjo!





Música: I am what I am - Gloria Gaynor.

11 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Você deixa-nos bem a vontade. Um copo pode estar meio cheio ou meio vazio, depende do ponto de vista... fantástico.

heresias consentidas disse...

Olá


“O amor de sua vida”


por:
Roberto Freire

Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades
que ela tem, caso contrário os honestos,
simpáticos e não-fumantes teriam uma fila
de pretendentes batendo à porta.
O amor não é chegado a fazer contas,
não obedece à razão.
O verdadeiro amor acontece por empatia,
por magnetismo, por conjunção estelar.
Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano.
Isso são só referênciais.

Ama-se pelo cheiro, pelo mistério,
pela paz que o outro lhe dá,
ou pelo tormento que provoca.
Ama-se pelo tom de voz, pela maneira
que os olhos piscam, pela fragilidade
que se revela quando menos se espera.
Você ama aquela petulante.
Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que ela deixou a seco.
Você gosta de rock e ela de chorinho,
você gosta de praia e ela tem alergia a sol,
você abomina o Natal e ela detesta o Ano Novo,
nem no ódio vocês combinam. Então?

Então que ela tem um jeito de sorrir que o deixa
imobilizado, o beijo dela é mais viciante
do que LSD, você adora brigar com ela
e ela adora implicar com você. Isso tem nome.
Você é bonita. Seu cabelo nasceu para
ser sacudido num comercial de xampu
e seu corpo tem todas as curvas no lugar.
Independente, emprego fixo, bom saldo no banco.

Gosta de viajar, de música,
tem loucura por computador
e seu fettucine ao pesto é imbatível.
Você tem bom humor,
não pega no pé de ninguém e adora sexo.
Com um currículo desse, criatura,
por que diabo está sem um amor?

Ah!!!...o amor, essa raposa.
Quem dera o amor não fosse um sentimento,
mas uma equação matemática:
eu linda + você inteligente = dois apaixonados.
Não funciona assim.
Amar não requer conhecimento prévio
nem consulta ao SPC.
Ama-se justamente
pelo que o Amor tem de indefinível.
Honestos existem aos milhares,
generosos tem às pencas,
bons motoristas e bons pais de família,
tá assim, ó!
Mas ninguém consegue ser do jeito
que o AMOR DE SUA VIDA é!


xi-coração
herc

Sarah disse...

nossa Claudia!
adorei, penso mesmo assim, adoraria ter escrito isto! as aparencias enganam tanto e as pessoas teimam em acreditar nelas e fazer delas a ponta de lança desta nossa as vezes tão triste civilização.
beijos
;-)

cantabile disse...

Você tem razão Lindinha. Depende mesmo. Alguém pode até dizer que a ama, mas "dependendo de como ela age" seria preferivel que não amasse. (OU não amassasse).
um grande beijo

Viviana disse...

Pasei pra dar um beijo e dizer que ando sumida de tanta gente e de tanta coisa e que ter passado por aqui foi tão bom...

Me alimentei de coisas positivas, de energia boa, de uma harmonia que só me fez muiiiito bem!

Beijokas!

Edson Marques disse...

Concordo.

Até certo ponto.

Porque, às vezes, um ponto de vista é mais do que apenas um ponto de vista: pode ser uma posição ideológica radical.


Talvez.

abraços, flores, estrelas...

pequenos delitos disse...

Muito boa!
Tudo depende do ponto de vista: você está sumida ou desapareceu.

Viviana disse...

Sumidaaaaaaaa

Vim dar um beijo e convidar pra um chá especial no Lounge, assunto?

Orgasmo Feminino. Já ouviu falar?

Beijos!

José Miguel Ferrer disse...

Já tinha saudades tuas...
Bem sei que fui eu o desaparecido, mas mesmo assim...
Na fotografia estás com uma cara perigosa!
Beijos,
Miguel

sarah disse...

oi Claudinha,
vc chegou no papagar das luzes, logo depois postei um texto.
E vc, anda sumida daqui, qdo nos brinda com mais textos deliciosos?
beijo
;-)

Fugu F. disse...

Muito bom!
beijo você

Related Posts with Thumbnails

Minha família

My kind of Spirit...


You are the elusive Night Spirit.
Your season is Winter, when the stars are bright and frost crystallizes the fallen leaves.
You are introspective, deep-thinking, and mysterious.
Everyone is intrigued and a little intimidated by you because you have an aura of otherworldliness.
You work in extremes, sometime happy, other times sad, but always creative and philosophical.
You are more concerned with the unseen, mystical, and metaphysical than the real world.
Night Spirits have a tendency to get lost in themselves and must be careful not to forget reality, but their imagination is limitless.