________________________________


Comecei a escrever no momento em que percebi que só pensar não mais me satisfazia.

Precisava transbordar todo aquele pensamento que só ao meu universo de idéias pertencia.

Hoje, escrevo por pura necessidade, por irresistível vício e por agradável teimosia.




Claudia Pinelli Rêgo Fernandes ®



quarta-feira, junho 30, 2004

Calmaria


Posted by Hello

Os dias têm demorado tanto a passar...

Talvez deva ser essa minha falta de sono, sei lá.

Estou meio perdida com e no tempo.

Não consigo dormir e mesmo assim tenho que trabalhar...

Acho que não estou me saindo tão bem como costumava no trabalho, estou faltando às aulas de Ioga, passo horas ouvindo minhas músicas down, fico mais tempo do que deveria em frente ao computador, lendo mil coisas, perdida na rede.

Alguma coisa precisa acontecer comigo, urgentemente. Não sei o que, só sei que precisa. Para me sacudir. Estou entrando num estado de letargia que está começando a me preocupar...

Assisti a um filme no People & Arts ao qual já tinha assistido umas 5 vezes: As Pontes de Madison (The Bridges of Madison County). A coisa mais linda... Amo esse filme. De uma sensibilidade e delicadeza inacreditáveis.

E por coincidência, o tema do filme é justamente essas coisas que acontecem na nossa vida para mostrar que estamos vivos e que somos capazes de viver momentos lindos, mesmo que inexoravelmente passageiros.

Passageiros por falta de coragem de torná-los permanentes.

E para consolar essa covardia, fica a dúvida de que talvez não fossem tão lindos se não tivessem sido dessa forma.

Paradoxal, né? Triste também. Mas creio que a beleza está justamente aí...


The Gathering - Saturnine

The day you went away
You had to screw me over
I guess you didn't know
All the stuff you left me with
Is weight too much to handle
But I guess you don't care

You don't need to preach
You don't have to love me, all the time

Whatever on Earth possessed you
To make this bold decision
I guess you don't need me
While whispering those words
I cried like a baby
Hoping you would care

You don't need to preach
You don't have to love me, all the time

You don't have to preach
All the time


É isso.

Bjo.

Música: Saturnine do The Gathering.

3 comentários:

Anônimo disse...

Oi claudia!!
Dizer que te entendo, pode parecer não querer realmente entender o que vc esta, ou estava sentindo quando escreveu isso, porem não tenho outra coisa a dizer a não ser que te entendo...
conselhos? será q vão ser uteis? não sei.. tb me encontro assim, digo com sinceridade, e procuro essa mesma saida, talvez a mim falte forças, será que para você tb?

será que estamos esperando as coisas acontecerem? será q esperar vai resolver? acho que não né...

Existe um mundo a ser explorado dentro de nós mesmo, para que compreendemos melhor tudo q nos serca, talvez a verdadeira beleza podemos encontrar, junto com as forças que temos para construir e harmonizar tudo a nossa volta..

Mas se quer um conselho, joga seu computador fora, joga sua tv fora, vou sentir sua falta aqui na net, mas quem sabe não nos encontramos no meio da beleza em que procuramos?

talvez esse seja o nosso unico e verdadeiro encontro..!!

bjão.. te adoro!!

força!

Anônimo disse...

Por que nao:)

Claudia Fernandes disse...

????

Related Posts with Thumbnails

Minha família

My kind of Spirit...


You are the elusive Night Spirit.
Your season is Winter, when the stars are bright and frost crystallizes the fallen leaves.
You are introspective, deep-thinking, and mysterious.
Everyone is intrigued and a little intimidated by you because you have an aura of otherworldliness.
You work in extremes, sometime happy, other times sad, but always creative and philosophical.
You are more concerned with the unseen, mystical, and metaphysical than the real world.
Night Spirits have a tendency to get lost in themselves and must be careful not to forget reality, but their imagination is limitless.