________________________________


Comecei a escrever no momento em que percebi que só pensar não mais me satisfazia.

Precisava transbordar todo aquele pensamento que só ao meu universo de idéias pertencia.

Hoje, escrevo por pura necessidade, por irresistível vício e por agradável teimosia.




Claudia Pinelli Rêgo Fernandes ®



terça-feira, outubro 09, 2007

Last Words




Estas foram as últimas palavras de algumas celebridades internacionais.

Se você conseguir lê-las na imagem, então poderá ficar tranquilo, pois isto significa que, provavelmente, as suas não serão proferidas tão cedo...

Pensando nisso, cheguei à conclusão de que as minhas seriam estas:


"Chega de palavras simples
e poemas prosaicos,
entrego-me agora ao misterioso
e sublime desconhecido.

Adeus."


É claro que se essa minha derradeira cena não fosse assim, meio clichê, cheia de referências e, acima de tudo, bem dramática, não seria eu a protagonista.

Mas, a propósito, se você pudesse escolher já, quais seriam as suas últimas palavras?



Bjo.




Visite também:



Prosaicos Poemas

3 comentários:

cantabile disse...

Isso mesmo menina.
Chega de simplicidade e vamos com tudo ate o fim! e seja o que Deus quiser ...
beijos

Anônimo disse...

Muito Lindo...
Eu não sei que palavras diria...mas vou começar a escreve-las já rsrs
Abraço.

Daniel disse...

Bom feriado...
;)

Related Posts with Thumbnails

Minha família

My kind of Spirit...


You are the elusive Night Spirit.
Your season is Winter, when the stars are bright and frost crystallizes the fallen leaves.
You are introspective, deep-thinking, and mysterious.
Everyone is intrigued and a little intimidated by you because you have an aura of otherworldliness.
You work in extremes, sometime happy, other times sad, but always creative and philosophical.
You are more concerned with the unseen, mystical, and metaphysical than the real world.
Night Spirits have a tendency to get lost in themselves and must be careful not to forget reality, but their imagination is limitless.