________________________________


Comecei a escrever no momento em que percebi que só pensar não mais me satisfazia.

Precisava transbordar todo aquele pensamento que só ao meu universo de idéias pertencia.

Hoje, escrevo por pura necessidade, por irresistível vício e por agradável teimosia.




Claudia Pinelli Rêgo Fernandes ®



segunda-feira, outubro 08, 2007

Árvore de Anne Frank ganha prazo para ser salva



O Conselho Municipal de Amsterdã, na Holanda, adiou a derrubada da árvore que consolou a adolescente judia Anne Frank durante os anos em que ficou escondida dos nazistas na cidade, na Segunda Guerra Mundial.

Em março, o conselho municipal da capital holandesa determinou que a castanheira de 150 anos, e que está apodrecendo, teria que ser derrubada por representar risco à segurança pública.
Depois de protestos, o conselho deu um prazo até janeiro para que os defensores da árvore elaborem um plano de salvação.

A árvore foi um símbolo de esperança para Anne Frank enquanto ela permaneceu escondida dos nazistas junto com sua família em um sótão por 25 meses.

Anne Frank escreveu um diário neste período onde fez várias descrições da árvore, que via ocasionalmente quando tinha chance de chegar perto da janela. A adolescente judia e sua família foram capturados em agosto de 1944.

"Do meu lugar preferido no andar, olho para cima, para o céu azul e a castanheira nua, nos seus galhos pequenas gotas de chuva brilham, parecendo prata, e para as gaivotas e outros pássaros que planam no vento...", escreveu a adolescente em 23 de fevereiro de 1944.

"Eu acredito que, enquanto isto existir, e eu puder viver para ver isto, esta luz do sol, os céus sem nuvens, enquanto isto durar não posso ser infeliz", escreveu Anne.
A adolescente judia e sua família foram capturados em agosto de 1944.
Anne Frank morreu de tifo no campo de concentração de Bergen-Belsen em março de 1945.


O conteúdo completo dessa reportagem você encontra aqui:
Visite também:

Um comentário:

Sir Lurch disse...

Interessante a história da árvore! É necessário sempre nos apegarmos a conceitos e coisas q nos tragam esperança nos dias difíceis... Acho q a minha "árvore" anda meio apodrecida q nem essa da história, mas eu estou tentando salvá-la no momento... Quanto ao outro texto seu, aquele q fala das lápides e epitáfios, acho q realmente tem uma ligação com esse meu último sim, tipo... a finitude encarada como positiva, como forma de apaziguar a incerteza constante de q é o amor. O q é finito ou único, acaba sendo muito mais especial para nós, não é mesmo? Bjos! ^^

Related Posts with Thumbnails

Minha família

My kind of Spirit...


You are the elusive Night Spirit.
Your season is Winter, when the stars are bright and frost crystallizes the fallen leaves.
You are introspective, deep-thinking, and mysterious.
Everyone is intrigued and a little intimidated by you because you have an aura of otherworldliness.
You work in extremes, sometime happy, other times sad, but always creative and philosophical.
You are more concerned with the unseen, mystical, and metaphysical than the real world.
Night Spirits have a tendency to get lost in themselves and must be careful not to forget reality, but their imagination is limitless.